Translate

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016






















Eu tenho a esperança
de um sonho terminado

Um sonho de cores
que um dia existirão
Um sonho triste como a esperança
Uma tristeza do que poderia
ter sido e não foi

E numa conversa despreocupada eu vejo o som
                                                 saindo de sua
                                                             boca.

Sons coloridos e cintilantes
como um por do sol
que eu vi no ano 3.000.

Eu tenho saudades
do dia de amanhã
quando poderei caminhar
com você com os pés descalços
pela areia branca e molhada
da praia.

É aí então que seu magnetismo
me transporta para a
Luz azul que sai do
Pássaro Luar.

Carlos Maia
1978.

Nenhum comentário:

Postar um comentário